Segmento de Flores apresenta grande potencial de crescimento

O mercado brasileiro de Flores e Plantas Ornamentais movimenta cerca de 7 bilhões de reais ao ano. Entre 2015 e 2016, o crescimento anual registrado pelo setor foi de 6% a 8%. Os principais fatores que contribuíram para este aumento na época, foram o crescimento da economia e também a melhoria nos sistemas logísticos, com transporte em caminhões de temperatura controlada, proporcionando maior durabilidade das flores e o envio de produtos para regiões mais distantes de forma segura.

Com a recente recessão econômica, o segmento estagnou e apresentou uma pequena retração, porém, permanece como um grande mercado a ser explorado, visto que o consumo per capita anual de flores e plantas ornamentais no Brasil ainda é baixo, sobretudo em comparação aos países de primeiro mundo. O país registra uma média de valor de U$ 7,00 a U$ 8,00 de consumo per capita anual, contra U$ 100,00 em outras partes do mundo.

Atualmente, o Brasil conta com uma área total de cultivo de aproximadamente 15 mil hectares, sendo que 2 mil  são constituídos de ambientes cobertos e protegidos. Mais de 8 mil produtores estão envolvidos nesta atividade no país, cuja maior área de produção está concentrada nas regiões Sul e Sudeste, sobretudo, nas cidades de Atibaia e Holambra, no interior do estado de São Paulo. Diversos polos produtivos também estão se estabelecendo nas regiões Nordeste e Centro-Oeste, e poderão impulsionar ainda mais a produção e o consumo de flores no país ao longo dos próximos anos.

Vale destacar ainda que dentre as atividades agrícolas, a produção de Flores e Plantas Ornamentais empregam, em média, cerca de 8 funcionários com mão de obra direta. O segmento como um todo proporciona mais de 200 mil empregos de forma indireta.

A Sakata está entre as 5 maiores empresas deste segmento e tem como vanguarda a sua inovação na criação de novas variedades, que trazem soluções competitivas para os produtores e novidades para decoradores, paisagistas e consumidores finais. A companhia é líder no segmento de propagação via sementes, com mais de 100 anos de tradição e destaque para as diversas variedades de Lisianthus, Girassol, Campânula, Platycodon, Pansy, Antirrhinum, Celosia, dentre outras.

Recentemente, a Sakata ingressou no mercado de propagação vegetativa, tendo como case de sucesso a introdução da SunPatiens, altamente tolerantes ao calor, bem como das petúnias híbridas, que também suportam melhor as variações de intempéries climáticas.

Com a retomada da economia, é esperado o crescimento do setor, que apresenta ainda um grande potencial a ser explorado e positivas perspectivas de investimento.

Boa leitura!

Roberto Takashi Oki, Gerente do Departamento de Flores e Plantas Ornamentais da Sakata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.