Fechamento de mais um ciclo vitorioso

Com o fechamento do nosso ano fiscal em março de 2020, concluímos mais um ciclo vitorioso de negócios na Sakata. Agora, nos cabe fazer uma reflexão sobre os principais acontecimentos que marcaram este período.

Este foi um ano no qual a Sakata e a maioria dos players da cadeia produtiva atingiram os seus principais objetivos, mesmo diante de um cenário de incertezas no mercado. Sentimos uma certa recuperação nos segmentos de Hortaliças e Flores, após anos difíceis em decorrência do alto índice de desemprego no Brasil, de 2014 a 2017. Em um contexto global, a crise na Argentina, os protestos no Chile e os desafios climáticos que atingiram algumas localidades, também influenciaram nesta instabilidade mercadológica.

Contudo, a Sakata seguiu sua vocação de inovar e promoveu o lançamento de vários produtos ao longo do período, com o objetivo de proporcionar aos produtores mais segurança e retorno ao cultivarem variedades Sakata. Dentre as novas cultivares desenvolvidas destacaram-se no segmento de flores os Lisianthus e Girassóis (Sunflowers), e em hortaliças, grandes novidades em Brócolis, Tomate, Pimentão, Melancia, Alface, dentre outras culturas, totalizando mais de 15 lançamentos.

E é por tudo isso que passamos e realizamos neste último ano, que agradecemos a todos os nossos colaboradores, clientes e parceiros de negócios pelo empenho e dedicação, assim como os novos produtores que confiaram na Sakata e comprovaram a qualidade das nossas sementes.

Voltando para o presente e olhando para o futuro, estamos iniciando um novo ano fiscal em abril de 2020, um tanto quanto apreensivos, por termos um grande desafio pela frente, imposto pela pandemia mundial do novo Coronavírus. Uma situação que atingiu a América do Sul no final de fevereiro e cuja magnitude real dos impactos ainda desconhecemos.

Já vemos alguns problemas na economia e na saúde sendo noticiados, face à quantidade de infectados e a necessidade do isolamento social, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde. Ao mesmo tempo, observamos o esforço das autoridades no socorro às empresas e pessoas que terão suas receitas prejudicadas durante os próximos meses.

Queremos, neste momento, nos concentrar em contribuir com nossos parceiros, produtores e toda a cadeia de fornecimento de hortaliças e flores, na busca por soluções para minimizar os impactos da diminuição da atividade produtiva em toda a América do Sul.

Contamos com todos nesta corrente positiva.

Seguiremos juntos!

Marcello Takagui, Presidente da Sakata Seed Sudamerica

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.