Conheça nossa linha de tomates para a safra de inverno 

Empresa dispõe de diversas cultivares, que proporcionarão muito mais segurança e rentabilidade neste período do ano

O tomaticultor deve sempre buscar as melhores variedades considerando as características de sua região e também a época de produção. O gerente de produtos Gustavo Veiga, explica que “a escolha da variedade ideal deve levar em consideração o clima e solo locais, bem como as principais pragas e doenças que afetam a cultura no período, a fim de produzir com grande segurança e estabilidade ao longo da safra”.

Além da seleção do híbrido ideal, o profissional enfatiza que “é fundamental conduzir o manejo adequadamente para o sucesso da lavoura, com o uso correto dos insumos, tais como: nutrientes, defensivos e água, nas quantidades necessárias. Tudo deve ser planejado e acompanhado de perto pelo produtor, com a ajuda de seus parceiros comerciais”, explica.

Ele reforça que “na safra de inverno, em especial, há a necessidade de se considerar principalmente a maior pressão por doenças e pragas, justamente por conta das temperaturas mais amenas, além dos déficits nutricionais e a necessidade de ajustes na irrigação, devido ao fato do frio e da seca serem mais predominantes neste período do ano”.

Para o sucesso na safra de inverno, a Sakata dispõe de um portfólio consagrado e bastante diversificado de variedades dotadas de uma genética aprimorada especialmente para os meses mais frios do ano, facilitando os tratos culturais e proporcionando também grande produtividade e frutos de qualidade.

Confira abaixo os diferenciais – das principais variedade indicadas para cultivo na safra de inverno, com ótimos resultados a campo. Consulte um distribuidor Sakata e escolha a opção mais adequada para a sua região.

Pietra (Salada Indeterminado) – produtividade e segurança na chuva, indicado para  safra de fim de inverno/início de primavera nas regiões altas.

Valerin (Salada Indeterminado) – ideal para a transição da estação seca para a chuvosa, pois apresenta resistência a manchas e rachaduras nos frutos, com qualidade inigualável, além de moderada resistência ao ToSRV (Geminivírus) e ao TSWV (Vira-Cabeça).

Santy (Salada Indeterminado) – alto vigor de planta, ótimo calibre e pegamento de frutos, que conferem produtividade e classificações sem igual no segmento, com moderada resistência ao ToSRV (Geminivírus) e ao TSWV (Vira-Cabeça).

Petros (Salada Indeterminado) – produtividade e qualidade de frutos tipo AA e AAA sem igual nas safras de regiões e/ou épocas quentes.

Grazianni (Italiano Indeterminado) – ideal para cultivo protegido no inverno, pela moderada resistência ao TSWV (Vira-Cabeça) e ToSRV (Geminivírus)e incrível capacidade produtiva da planta.

Matinella (Italiano Indeterminado) – possui moderada resistência ao TSWV (Vira-Cabeça) e ToSRV (Geminivírus), planta equilibrada, além de super pegamento e frutos grandes.

Veloster (Santa Cruz Indeterminado) – possui moderada resistência ao TSWV (Vira-Cabeça) e ToSRV (Geminivírus)e plantas com alta produtividade pela combinação de alto pegamento de frutos de calibre grande, além de boa precocidade de colheita.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.