Adilson Ramos de Moura, de Munhoz (MG)

Desde criança, Adilson Ramos de Moura sempre ajudou o seu pai na roça. Ofício que também decidiu adotar como profissão. Atualmente, o produtor trabalha com a produção de hortaliças no Sítio São João, localizado na cidade de Munhoz (MG).

O produtor é parceiro da Sakata há quase seis anos e escolheu o brócolis Avenger como o carro-chefe de sua produção. Ele visualizou na cultura uma grande oportunidade de negócio, por conta do clima frio e da altitude do local onde está situada a sua propriedade. “A nossa localização possui as condições ideais para o plantio da hortaliça, com ótima adaptação. Aqui é possível realizar a colheita do produto toda semana e durante o ano todo, obtendo uma ótima comercialização”, explica.

Na janela da safra de inverno, a produção de Moura gira em torno de 30 a 40 mil pés por semana. Segundo ele, o transplante das mudas de brócolis começa em Março e termina entre os meses de Setembro e Outubro. “O Avenger no inverno é o melhor material que existe no mercado. No verão, como está esquentando muito ultimamente, é preciso aprender a trabalhar com ele e dominar o manejo neste período, que possui certas exigências para conseguir continuar produzindo”, indica.

Ele comenta ainda que para conseguir uma produção mais segura, em relação às doenças do campo, optou por obter as mudas de brócolis de viveiros parceiros para realizar o plantio na propriedade. “Na forma de muda, o material vem muito mais sadio e a qualidade acaba sendo bem mais interessante comercialmente também”, afirma.

Moura destaca também que a variedade chama bastante a atenção na comercialização, pela excelente coloração e grande durabilidade de prateleira. Além disso, outra característica muito boa da variedade, de acordo com o produtor, é o seu formato de planta, adequado ao embalamento em bandejas. Algo importante, segundo ele, pois as embalagens agregam muito mais valor na venda do produto in natura. Atualmente, toda a produção de Moura é destinada exclusivamente para a Central de Abastecimento de Campinas (Ceasa de Campinas), no interior de São Paulo.

O produtor também elogia o ótimo atendimento prestado tanto pela equipe regional da Sakata, quanto pelo distribuidor Tomatec. “O pessoal sempre acompanha a roça, realizando a prestação de serviço também durante o plantio, nos dando bastante assistência a campo. Acho muito bom todo esse acompanhamento realizado por eles”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.