Notícias

22/03/2018

Importância genética para o mercado nacional e internacional de melão

O Brasil é um dos principais países produtores e exportadores de melão, sendo reconhecido pela capacidade de produzir frutos de excelente qualidade para atender o mercado de exportação, principalmente durante os invernos europeu e americano.

Atualmente, o melão está entre as culturas mais estratégicas para os negócios do Grupo Sakata em escala global, sendo a Sakata Seed Sudamerica uma das unidades do Grupo responsável pela criação de híbridos desta cultivar em escala mundial para os principais mercados consumidores, tais como: Brasil, Espanha, Costa Rica e Norte da África. Dentre os grupos varietais de melão produzidos no Brasil destacam-se o Amarelo e o Pele de Sapo, que devido à importância que possuem, integram um programa de melhoramento genético totalmente exclusivo e focado no desenvolvimento de novas variedades adaptadas às condições de clima e solo do país.

O programa de melhoramento destas espécies de melão tem como objetivo a criação de cultivares híbridas com plantas altamente vigorosas, excelente cobertura foliar,  grande produtividade comercial de frutos, alto conteúdo de sólidos solúveis totais, excelente firmeza de polpa, ótima qualidade interna dos frutos (cavidade das sementes pequena e fechada), sabor diferenciado, longa durabilidade pós-colheita, resistência às principais pragas (Larva Minadora) e doenças (Oídio, Macrophomina phaseolina, Didymella brioniae, Amarelão e Fusarium). Além disso, a empresa se preocupa ainda com o desenvolvimento de variedades que sejam estáveis e adaptadas às diferentes condições climáticas de cultivo, especialmente as do Nordeste brasileiro que se caracterizam pela ocorrência de altas temperaturas, estresse hídrico e alta salinidade da água e solo.

Para atender todas estas exigências dos mercados de melão Amarelo e Pele de Sapo, o programa de melhoramento genético convencional da Sakata conta com uma equipe técnica especializada e uma ampla estrutura física no Brasil, composta por duas Estações de Pesquisa.Na Estação de Pesquisa de Bragança Paulista (SP) concentram-se as atividades relacionadas à obtenção de populações-base para a extração de linhagens, avanço e seleção de linhagens com o auxílio do suporte técnico em fitopatologia e biotecnologia, melhoramento de linhagens elites, obtenção de novos híbridos e incremento de sementes de híbridos em desenvolvimento. Já na Estação Experimental do Nordeste, situada em Baraúna (RN) – uma das principais regiões produtoras de melão do Brasil – o foco principal das atividades é a avaliação e seleção de linhagens e de híbridos de melão Amarelo e Pele de Sapo, nas principais regiões e épocas de produção da cultivar no Nordeste brasileiro.

Vale destacar ainda que esta estrutura também presta suporte para outros programas de melhoramento genético do Grupo Sakata em outros segmentos de melão, tais como: Harper, Honey Dew, Gália, Cantaloupe e Charentais; bem como para híbridos de melancia, especialmente as do tipo triploides (sem sementes).

O grande objetivo de todo este trabalho liderado pela companhia é contribuir para a construção de um portfólio robusto e completo de cucurbitáceas que atendam às necessidades dos produtores do Brasil.

Boa leitura!

Alex Figueiredo, Melhorista de Melão da SDA

BNDES

Telefone

(11) 4034-8800

Seg. a Sex. das 8:00 às 17:30

© Todos os direitos reservados. Sakata Seed Sudamerica