Notícias

26/09/2017

Sakata segue investindo em melões e melancias com foco na exportação

Empresa antecipa demandas para a comercialização de variedades de melancias e melões com genética superior e características desejadas pelo mercado internacional
 
 
Os mercados de Melão e Melancia não param de crescer no Brasil, graças ao aumento exponencial do consumo pelo mercado internacional.Os valores de exportação deste ano, quando comparados ao mesmo período do ano passado, tiveram um grande aumento: 187% maior, no caso do melão, e índice 237% maior, em relação à melancia, de acordo com o Ministério de Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Por isso, a comercialização destas culturas segue extremamente aquecida internacionalmente, com previsões ainda melhores para os próximos anos.
 
Considerando este contexto de mercado e sempre se adiantando às principais demandas e tendências de produção e consumo, a Sakata segue investindo no desenvolvimento de produtos especiais e inovadores para o seu portfólio de melões e melancias com foco na exportação. A empresa busca atender às características genéticas apontadas como necessárias pelo mercado externo, bem como oferecer excelência nos serviços prestados aos produtores, por meio de seus distribuidores locais.
 

DEMANDAS E EXIGÊNCIAS
 

André Nogueira, Coordenador de Vendas da Sakata, enfatiza que o mercado de exportação possui um grau de exigência muito alto, sendo, por isto, necessário o aprimoramento constante das variedades e o oferecimento de todo o suporte possível aos parceiros comerciais. “Acreditamos que o mercado permanecerá cada vez mais exigente em termos de genética de produtos e serviços, pois muitas vezes é o cliente externo quem determina o que os produtores devem utilizar como fonte genética para cultivo”, explica Nogueira. O coordenador acrescenta ainda que o mercado europeu, por exemplo, exige frutos de melão Amarelo com pesos entre 1,5 kg e 1,8 kg. Já em relação ao melão Pele de Sapo, a exigência é por frutos grandes, em torno de 3,5 kg, em especial no mercado espanhol. “Neste cenário a Sakata tem uma participação importantíssima com o melão Grand Prix, que atendeu às demandas de mercado, possibilitando à empresa se manter líder no segmento Pele de Sapo. Com a variedade, a companhia tornou-se referência no mercado espanhol, não apenas pelo tamanho ideal desejado, mas também ao melhor equilíbrio entre sabor e teor de açúcar obtidos. Sua polpa de cor creme é muito crocante, tem elevado brix e ótimo sabor”, exemplifica Nogueira.

NOVIDADES

Além do Grand Prix, a Sakata lançou também o melão Asturia, visando manter sua preponderância no segmento Pelo de Sapo, no médio e longo prazos. 
 
Outras novidades que também já estão fazendo sucesso entre os produtores do Brasil e os consumidores de outros países são o melão Amarelo Dalí e a melancia sem sementes Estona, pela elevada qualidade dos frutos e excelente pós-colheita, que atendem o exigente mercado externo.
 
Já em relação ao mercado interno, visando a inserção também de produtos de qualidade, a empresa está trabalhando com as variedades de melão Amarelo Premier e Supreme, cultivados na região de Mossoró e no Vale do São Francisco. Além destes, outros novos produtos também já estão em fase de testes para aumentar ainda mais o portfólio da empresa nos diferentes segmentos de mercado de melão e melancia.
 
MUDANÇAS MERCADOLÓGICAS
 
Vale ressaltar ainda que o mercado de melão e melancia no Brasil tem sofrido muitas mudanças estruturais importantes ao longo dos últimos anos, conforme aponta o Coordenador de Vendas, André Nogueira. “Há uma maior concentração da produção em grandes grupos produtores, bem como uma alta demanda por maior segmentação de mercado pelos clientes europeus. Diante disto, os segmentos de melão como Cantaloupe Harper, Gália, HDGF (Honew Dew Green Flesh) e HDOF (Honey Dew Orange Flesh) também se apresentam como oportunidades de novos negócios para os produtores.
 
No mercado de melancia, também ocorre demanda por segmentação, de forma mais específica em relação ao tamanho, desde personal de 1,5 kg até 6 kg, além de frutos para consumoin natura e fresh cutting”, explica Nogueira.  
 
Neste quesito, a Sakata já possui em sua estrutura de comercialização dois distribuidores altamente focados no desenvolvimento de novos híbridos – Crop Agrícola e SC Tec - para atender às demandas de diversificação, com ampla cobertura comercial na região Nordeste do país.

 

 

BNDES

Telefone

(11) 4034-8800

Seg. a Sex. das 8:00 às 17:30

© Todos os direitos reservados. Sakata Seed Sudamerica