Programa “Clean Seed” da Sakata garante sementes com alta tecnologia para o produtor

Sistema exclusivo desenvolvido pela companhia intensifica o potencial genético das sementes, proporcionando mais performance e facilidade de manejo

A Sakata desenvolveu um programa exclusivo, chamado “Clean Seed”, a fim de garantir um processo produtivo dentro do conceito de “Marketable Seed”, que exige cuidados detalhados de ponta a ponta na produção de sementes, o “envelope” responsável por levar nossa genética de alta performance às mãos do produtor. O sistema contempla, de forma detalhada, itens como: escolha da área; plantio; operações de manejo; colheita; beneficiamento; análise; armazenamento; e expedição das sementes para os agricultores.

Isto, porque, de acordo com Raphael Rufino, Gerente de Produção da Sakata Seed Sudamerica, “a semente é, sem dúvida, algo muito precioso, que deve receber um tratamento adequado em todas as etapas do seu cultivo, desde o planejamento até a formação dos lotes de sementes, passando pela implantação dos campos, pela condução, colheita, o beneficiamento e análise de qualidade”.

O profissional destaca ainda que neste sistema desenvolvido pela empresa, outro ponto fundamental considerado no processo, é a nutrição dos campos de produção, que recebem uma atenção especial. “Como é de conhecimento, uma planta malnutrida tem sua produção reduzida, ficando mais suscetível a doenças, podendo ocasionar má formação das sementes e, consequentemente, promover uma redução drástica da sua qualidade. Por estas razões, a Sakata se dedica constantemente na implementação das mais modernas tecnologias de nutrição e fertirrigação para garantir uma semente ‘Marketable Seed’ ”, salienta.

O controle das doenças é outro ponto chave para o sucesso durante o ciclo da cultura, fator também considerado dentro do programa da empresa. Rufino explica que quando se trata de sementes, todo o cuidado com a sanidade da lavoura é pouco e os riscos são grandes. “Por isso, o Programa “Clean Seed” utiliza o Manejo Integrado de Pragas e Doenças (MIP) para, desta forma, maximizar a eficiência dos esforços no controle de pragas e doenças, sem agredir o meio ambiente, garantindo uma melhor qualidade de vida aos cooperantes de produção”, esclarece o especialista.

Dentro deste cenário, outra etapa de extrema importância para a obtenção de sementes de alta qualidade é o ponto de colheita. “Aspectos como maturação fisiológica e umidade da semente são preocupações importantes da empresa, a fim de minimizar os danos mecânicos e, assim, contribuir diretamente para preservar a integridade das sementes. Para esta finalidade são utilizadas máquinas especialmente projetadas visando conciliar a rapidez na colheita, com menores perdas e danos mecânicos às sementes durante o processo”, esclarece Rufino.

Após alcançado o sucesso durante o processo de produção no campo – manejo tecnificado, polinização, colheita, dentre outros – os cuidados de pós-colheita passam a ser cruciais para a obtenção de sementes de alta qualidade. “As tecnologias aplicadas ao longo dos processos de beneficiamento, tratamento, armazenamento e embalamento das sementes vêm para coroar a obtenção das sementes dentro do conceito de “Marketable Seed”. Dentro da unidade de beneficiamento, elas serão secadas, classificadas, tratadas e embaladas. E todas estas etapas são monitoradas por análises assegurando a elevada qualidade dos lotes de sementes. Desta forma, a Sakata garante uma avançada tecnologia aplicada até o processo final dos lotes de sementes, agregando alto valor ao já valioso potencial genético de suas sementes, proporcionando alta performance e facilitando o cultivo pelos produtores”, finaliza o gerente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.