Palavra do Produtor: Vandeley Cordeiro, de Goianápolis (GO)

Produtor de tomate há mais de 10 anos, Vandeley Cordeiro, de Goianápolis (GO), é o único de sua família que tem como ofício o trabalho no campo. Por já ter atuado na área, em empresas do setor, ele viu na tomaticultura uma oportunidade de mercado para ter um negócio próprio.

Há dois anos, Cordeiro cultiva a variedade de tomate Valerin da Sakata em sua propriedade, a Fazenda Sozinha, no interior de Goiás, exclusivamente durante o período da seca na região, que vai de maio a outubro. “Escolhi esta variedade, pois ela se desenvolve muito bem na época da seca, produzindo um fruto muito firme e resistente, sendo uma ótima opção”, explica o produtor.

De acordo com ele, tais características são fundamentais para a distribuição e comercialização dos tomates em todo o território nacional. “O Valerin aguenta bastante o transporte, chegando firme e com uma boa coloração em qualquer destino do país. Sua durabilidade pós-colheita também é maior do que a de outras variedades, chegando a até 10 dias. Ele é um tomate vigoroso e que tem um bom padrão, do jeito que o mercado gosta”, destaca.

Na Fazenda Sozinha, a produção média do tomate Valerin tem sido de 100 mil caixas por safra/ano e que têm como destino as principais Centrais Estaduais de Abastecimento (Ceasas) do país. Dentre os estados para os quais ele mais comercializa estão: Maranhão, Mato Grosso, Paraná, Fortaleza, Pará, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e São Paulo.

O distribuidor da Sakata que atende o produtor Vandeley Cordeiro em sua região é a HF Produtos Agrícolas, empresa com a qual ele se diz bastante satisfeito, principalmente com o suporte de pós-vendas. “Se eu precisar de qualquer ajuda, eles me atendem na hora”, enfatiza o produtor.