Sistema Integrado celebra dez anos em 2019

Empresa colhe ótimos resultados deste modelo de negócio e acaba de agregar mais novidades ao seu portfólio de hortaliças premium

Há dez anos, a Sakata desenvolveu e implementou um sistema inovador no Brasil para atender os padrões de produção e comercialização de produtos hortícolas premium no país. Trata-se do Sistema Integrado de Produção e Comercialização de Frutas, Legumes e Verduras (FLV), primeiro modelo de negócios da empresa neste ramo, que atua em todos os elos da cadeia, desde a venda da semente ao produtor até a comercialização dos produtos no varejo. Neste sistema, os produtores são Integrados e atuam juntos em um mesmo processo produtivo, utilizando variedades do portfólio de hortaliças especiais da empresa, cuja comercialização é realizada pelos Integradores, parceiros comerciais do grupo, que se encarregam também do processo de beneficiamento e distribuição dos produtos ao mercado.

Segundo José Arthur Beneduzzi Vido, Assistente Técnico da Sakata (Sistema Integrado), os produtores recebem suporte técnico e orientações para padronização dos processos, dentre outros. “O principal objetivo deste modelo é criar uma vantagem mercadológica sustentável aos participantes, oferecendo produtos diferenciados para o consumidor, que sejam mais saborosos, saudáveis, com garantia de segurança e constância na oferta” afirma.

Atualmente, o Sistema Integrado é detentor de várias marcas para comercialização de hortaliças premium no mercado nacional. Dentre elas estão: o tomate Sweet Grape (principal marca e determinante para a criação do Sistema Integrado), Salad Sensation e Tomates como Antigamente, além dos lançamentos Pumpkino (miniabóbora gourmet) e Smile Snack Pepper (minipimentões coloridos). “Todas elas correspondem a cultivares produzidas em ambiente 100% protegido, seguindo um Manual de Produção e uma ficha técnica para seleção dos produtos a serem comercializados”, explica Vido.

Nos últimos anos, de acordo com o profissional, o Sistema Integrado está engajado na busca pela diversificação do seu portfólio. “O intuito da companhia é proporcionar aos Integradores um número maior de produtos para trabalharem na comercialização, facilitando a entrada em pontos de vendas estratégicos e administrando melhor o plano de produção de seus Integrados. Com isso, os Integrados ganham também mais opções para cultivo durante todo o ano, possibilitando a rotação de culturas e otimizando o seu principal custo, que é a mão-de-obra”, comenta Vido.

Desenvolvimento de Novos Produtos

Gustavo Rosin Scherma - Integrado campeão de produtividade em 2018
Gustavo Rosin Scherma – Integrado campeão de produtividade em 2018

O desenvolvimento de produtos destinados ao Sistema Integrado é realizado de forma conjunta entre o Departamento de Novos Negócios, Pesquisa e Marketing da empresa. No processo, são realizadas diversas avaliações para selecionar uma cultivar de hortaliça que se encaixe no rótulo de especialidade.

Vale destacar que a nova cultivar deve ter uma aptidão para cultivo protegido, possuir propriedades organolépticas superiores, como por exemplo o sabor, sem deixar de atrair a atenção pela possibilidade de se tornar uma tendência de mercado. Para isto, a equipe técnica da Sakata e seus distribuidores parceiros ficam responsáveis por checar os diversos requisitos por meio de uma série de etapas, que incluem produção, testes a campo, potencial comercial, dentre outros, que passam pelo crivo dos Integradores do Sistema também. “Para assegurar o elevado padrão de qualidade dos produtos a serem lançados pela empresa, as etapas do processo de seleção são muito rigorosas, visando consolidar marcas que tenham grande prestígio no mercado, com alta aceitação dos consumidores”, conclui o especialista.

Treinamento técnico em 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.