Agregando valor pela inovação

A credibilidade de uma marca é reflexo da qualidade e confiança de seus produtos e serviços. E é por isto que a Sakata segue investindo no desenvolvimento genético de alta performance, visando oferecer cultivares de alto rendimento aos produtores e hortaliças mais seguras e com qualidade superior aos consumidores.

Para alavancar ainda mais sua performance, a empresa criou, há quase uma década, o Departamento de Novos Negócios, que tem como foco principal atuar de forma estratégica em todos os elos da cadeia brasileira de produção de FLV, passando a introduzir, assim, marcas que agreguem maior valor aos produtos comercializados.

Um dos principais requisitos, exigidos cada vez mais pelos consumidores de todo o mundo, é a comercialização de alimentos seguros, com certificado de origem. Por isso, para atender a esta expectativa do consumidor, a Sakata desenvolveu programas de produção de alimentos diferenciados, que seguem as instruções das Boas Práticas Agrícolas (BPA), que primam pela segurança do alimento e sustentabilidade na produção. Alguns exemplos destas medidas adotadas por estes programas são o uso racional da água e a otimização da aplicação de produtos biológicos. Junto a outros recursos e por meio de técnicas de produção em ambiente protegido, todos estes fatores contribuem não só para a saúde do consumidor, mas também para a segurança do produtor. Além disso, também são realizadas, periodicamente, análises de resíduos em todos os produtos, que recebem um código de rastreamento, permitindo a identificação de todas as fases da produção destes alimentos.

Outras características importantes, que chamam a atenção do consumidor, são o aspecto de frescor e a uniformidade dos produtos. Para atender a esta expectativa, a empresa investe em uma eficiente estrutura logística, boa seleção e classificação dos produtos, com acondicionamento em embalagens que protegem os alimentos e permitem que o consumidor possa identificar esta qualidade no momento da compra, apresentando informações nutricionais, local de produção e canais de comunicação que proporcionem maior interatividade entre a marca e o consumidor.

Boa leitura a todos!

Davi Nunes, Coordenador Técnico de Produção e Comercialização de Hortaliças – Novos Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.